Feito à mão

Um cara largou a carreira de professor de dança e começou a fazer bicicletas. O outro, cansou de ser roteirista e virou fazedor de facas. E tem a moça que cultiva abelhas, a família de dominicanos que tem uma loja de charutos há mais de 40 anos, e a primeira destilaria no Brooklin desde a Lei Seca.

Já recomendei pra tanta gente e já assisti tantas vezes essa série de filmes Made by Hand. Por favor, assista.

Por favor leia: um apelo pessoal de um dos fundadores do Interbarney, Felipe

Meus amigos, nosso querido Interbarney não vai muito bem das pernas. Quer dizer, Interbarney vai bem, está atualizadinho e se alimentando bem. Quem não vai bem sou eu, por causa do Interbarney. Basicamente, pra quem não quer ler a história até o final: estou triste e falido.

O caso é o seguinte: estamos hospedados na Media Temple. É um bom servidor, raramente dá problema, a rede não saiu mais do ar como costumava acontecer no começo. Todo ano eu pago lá a taxa referente as 12 mensalidades, não é tanto, nunca me fez falta. E toda vez que eu pago eu penso: esse ano eu vou pagar sozinho de novo e vou tentar tirar algum lucro de lá, com banners ou algo assim (nunca rolou). Teve um ano que eu pedi doações pro pessoal e até consegui recuperar um pouco, mas depois nunca mais pedi porque fiquei com vergonha.

de8ebecc71ed11e28ddc22000a9f15db_7

Mas agora eu preciso de ajuda. Engula seu orgulho, você não vai morrer, não é veneno.

Em setembro do ano passado eu acolhi o blog de uns amigos, como já tinha feito várias outras vezes. Eles foram chutados do servidor antigo e Interbarney os recebeu de braços abertos, como há de ser, afinal isto está no nosso estatuto (“não deixar os amigos na mão“). Acontece que na época eu estava com a cabeça em outros projetos, não estava pensando direito e acabei vacilando em um detalhe crucial: não ativei o plugin de anti-spam.

Passou 1 mês, recebi um aviso da Media Temple avisando que tínhamos estourado a nossa cota de transferência. Pensei: tudo bem, estamos indo bem, é normal. Veio outro mês, mais um aviso. Ok, o Bruno tá fazendo bastante sucesso. Aí eu fui lá ver o log do servidor e os spikes eram todos nos comentários. Achei que o Interbarney tinha sido hackeado, mas não liguei os pontinhos (burro, eu sei). Em dezembro eu paguei quase 500 reais pro servidor (491,71). Em janeiro foram mais 400 (405,54). É bastante. Mas aí veio fevereiro e eu paguei 1032,76. Aí eu chorei (não literalmente).

Resolvi FINALMENTE tirar um tempo pra ver o que estava acontecendo: o Todo dia um look tinha 2 milhões de comentários não aprovados. 2 milhões de comentários não aprovados!!!! Aaaah então é por isso que o wp-comments tava explodindo? Nossa. 2 milhões de comentários não aprovados. Deletei todos os comentários (pelo banco de dados) e ativei o Akismet. Mas o problema era mais sério: o site já tinha mais de 40 mil spams aprovados, ele já veio do servidor antigo com esses spams, eu devia ter limpado antes. Deletei todos (alguns pelo banco, outros via admin mesmo). E os spams do cacete continuavam a aparecer mesmo com o Akismet ativado, nos primeiros dias mais de 100 por dia. Depois da primeira semana, quando eu finalmente fechei os comentários, eram uns 50 por dia. O site estava podre. Agora parece que está resolvido. Mas em março eu ainda tenho 1105,97 no cartão.

Esta semana eu fechei 11 blogs aqui (O epiléptico, Chico Barney, Papo Ereto, Gameta Masculino, Séries no Brasil, Bombril na Antena, Sinopse do Caralho, Votando e Rodando, Humortandela, Turminha da Galera e Camisa redonda). A maioria eram blogs coletivos que não deram muito certo. Mandei todos os textos pros respectivos autores, eles devem ser republicados em breve em seus respectivos blogs. Fiz isso pra tentar diminuir a carga e tirar da cabeça a ideia de fechar a rede de uma vez por todas. Não quero ter que fazer isso e acho que ainda não é o caso.

Mas vejam: eu sou um cara simples, não levo uma vida extravagante. Ganho o suficiente pra comer, ver meu Coritiba no estádio e assistir uns filmes com a Ju de vez em quando. Essa grana (3317,87) tá me fazendo falta. Vocês podem me ajudar? Pode ser via Paypal (o email é hola [at] seufelipe.com.br) ou Banco Itaú (Ag. 3723, CC 16148-9). Não tenho muito como retribuir agora mas se alguém quiser pode baixar o tema que a gente usa aqui, o Jecebel, ele está lá no GitHub. Se ninguém ajudar não vai acontecer nada, provavelmente, mas por favor me ajudem.

UPDATE 7 de março

Foram 5 doações até agora, 4 via PayPal e 1 via Banco Itaú, totalizando R$920. Destes 5, pelo menos dois são membros da família Interbarney (só consigo ver os PayPals). O mano moskito me atentou para o fato de que eu não coloquei meu CPF ali e que pra fazer DOC precisa do CPF. E ele também me lembrou que talvez não seja uma boa expor meu CPF assim pra todo mundo. Então se alguém quiser fazer DOC me avisa que eu passo meu CPF via alguma inbox. Obrigado a todos que estão ajudando, gosto muito de todos vocês.

Uma declaração de Louis CK

Eu realmente espero que as pessoas continuem comprando um monte, pra eu conseguir uma porrada de dinheiro, mas por enquanto acho que podemos dizer com segurança que a experiência funcionou. Se alguém roubou, não foram muitos. Basicamente todo mundo comprou.

Louis CK sobre a experiência sociólogica de ter lançado seu último especial online, direto no site oficial. 500 mil dólares em 2 dias é bem razoável.