O fim da meia-entrada

Mais uma vez, vamos discutir esse assunto. Pra ilustrar, vou usar dois assuntos atuais: o show do Chico e o show dos Mutantes.

O Chico vai fazer dois shows aqui em Curitiba, nos dias 3 e 4 de abril, no Teatro Guaíra. O Teatro Guaíra, como o nome já diz, é um teatro. Ele é grande, cabe umas 3 ou 4 mil pessoas, eu acho, divididas em platéia, primeiro balcão, segundo balcão e camarotes-ridículos. Tem cadeiras estofadas vermelhas e confortáveis, e eu já fui lá ver Maria Bethânia, Seu Jorge, Los Hermanos e Maria Rita. É normal um show lá ser caro. Sempre que anunciam show lá, a gente já imagina que vai ser caro, isso já faz parte da nossa cultura. Mas o problema é que o caro já não é mais simplesmente caro. O caro está virando um absurdo. Os valores pra ver o filho do dicionário são: 280, 180 e 140 (aliás, eram, os ingressos já acabaram em dois dias). Desconte o fato de que ele não toca a não sei quanto tempo. Ignore ele ser Chico Buarque. Esqueça que o show é num teatro. Olhe pros valores. 280 reais. 140 o mais barato no segundo balcão (onde eu, minha senhora e meu amigo vamos ficar, a quase 7km do palco). Pois é.

Os Mutantes, a Zélia Duncan e toda aquela galera que toca com eles agora vão tocar aqui, dia 17 de março, no Curitiba Master Hall, a nossa principal casa de shows. O lugar é uma merda, um palco, um espaço na frente do palco, um bar de merda, uma localização horrível. Não tem nada de mais. Mas lá que eu vi o Weezer, o Cake, o Cordel, a Maria Rita e os Los Hermanos. Os ingressos pros Mutantes custam 180 reais. Meia-entrada: 90 reais. 180 reais é o valor somado de todos os shows que eu vi lá. Pois é.

O problema é a malandragem que tem rolado por parte dos organizadores. Eles têm encontrado maneiras cada vez mais engenhosas de limar o uso da carteirinha de estudante. No Teatro Guaíra, por exemplo, dessa vez, se você comprasse um ingresso inteiro (em qualquer lugar) você tinha direito a outro, totalmente de graça. Ou seja: ninguém pagou 280 reais por apenas um ingresso. E a coisa é ainda mais feia no Curitiba Master Hall, aquela merda de lugar. Como pode um show de uma banda nacional (com todo respeito, foda-se que eles são os Mutantes), em uma casa de shows absolutamente comum, onde todo mundo paga 6 reais por uma cerveja e vê o show de pé, custar tudo isso? Exatamente. Não pode. É impossível. Mas existe uma resposta simples. O show não custa 180 reais. Ele custa 90 reais, isso sim um preço justo pra uma banda nacional do porte dos Mutantes em um lugar de merda como aquele. Mas 90 reais, com carteirinha vira 45. Ainda assim um preço alto pra um lugar como aquele (pagamos isso pra ver o Cake e a Maria Rita). Então, o que os malandros fazem? Fecham o valor do show em 90 reais, mas dobram ele pra 180, e inventam que quem levar 1kg de alimento paga meia-entrada. Ou seja, ninguém é burro de não levar um pacote de açúcar que custa 2 reais pra ter um desconto de 90 reais no ingresso. Altruísmo? Boa-ação? Merda nenhuma. Malandragem, falcatrua. Assim ninguém paga meia-entrada e pronto.

Eu não estou reclamando só porque não tenho grana pra ver os dois. Isso já vem acontecendo tem muito tempo. E agora chegou um período em que Chico Buarque e os Mutantes vêm pra cá na mesma época. Eu podia dar um jeito e conseguir dinheiro pros dois, claro que podia. Era só matar alguém, tarefa simples.

Mas isso tá errado.

Anúncios

6 comentários sobre “O fim da meia-entrada

  1. “a Zélia Duncan e toda aquela galera que toca com eles…” rsrsrsrsrs….pense em quem queria ver o BB King no Guaíra, e precisou pagar R$ 700 (SETECENTOS) reais por um show…

  2. Essa malandragem de “meia-entrada” no Guaíra já acontece desde o show da Marisa Monte, em abril do ano passado (paguei 80 pilas num lugar no 1º balcão). E é mesmo uma puta SACANAGEM! Sobre o show do Chico ainda teve mais um agravante: a fila que demorava para andar. Fiquei 8 HORAS naquela fila (o meu recorde, até agora), com direito ao sol escaldante do meio-dia, vento, chuva… para, no fim, pagar a “meia-entrada” de 120 reais para o 1º balcão. Até teria desistido de enfrentar a fila e ir comprar o ingresso pro show dos Mutantes, mas como tinha que comprar para outras pessoas também…

  3. Caí aqui sem querer, procurando alguma matéria sobre o Show do Mutantes.Cara, que pena que vc não conseguiu matar ninguém. Aquilo foi uma das coisas mais bonitas que eu já vi na minha vida.Abraço,Janarawww.ideafixa.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s