Ninguém gosta do Monk

Monk é, provavelmente, o seriado mais engraçado disponível a nós infelizes que dependemos da tv aberta. De um humor finíssimo, ele difere das outras séries legais, porque as pessoas que o produzem são legais, ao contrário dos filhos-da-puta arrombados que fazem Lost, por exemplo. Dá pra ver cada episódio quantas vezes quiser, sempre vai ser engraçado.

Monk

Mas é uma pena que ele é tão menosprezado.

Não pelo público. Geralmente o pessoal que assiste acha realmente muito legal. Ele é menosprezado por todo mundo que lança ele aqui no Brasil. Ninguém na Record assistiu um episódio sequer. Se tivessem feito isso, não colocariam aquele narrador alegrinho falando “Monk: um detetive diferente”. Sim, Adrian Monk pode até ser um detetive diferente. Mas colocar isso num slogan e dar pra um cara ler com uma voz idiota não. Monk é inteligente, ele resolve casos que ninguém consegue resolver. Ele tem problemas sérios e deve ser tratado com a mesma dignidade da Clarinha. O site da Record não é atualizado desde que eles passaram a primeira temporada. Agora já está pra começar a terceira.

Mas o maior problema mesmo é o “box” da primeira temporada. Começando pela capa, que não traz sequer uma lista com os 12 episódios, e tem uma “piada” visual que até agora eu não consegui entender. É um negócio imitando uma etiqueta, sei lá o que é aquilo, mas não existe na capa original. A embalagem é uma das coisas mais bizarras dos últimos tempos. Ela é simples, e os 4 discos estão literalmente empilhados lá dentro. Eu nunca tinha visto nada assim. Nenhum dos episódios tem um extra. Quer dizer, é o clássico “extras: menu interativo“. Nem comentários, que é provavelmente o extra menos visto da lista de extras de qualquer dvd. Não dá nem pra escolher a cena. Cada episódio é uma cena. As legendas foram traduzidas pelo tradutor do google, e existem provas disso. Ou você acha que uma pessoa traduz “ferris wheel” como “roda ferris” ou “roda gigante ferris” no mesmo episódio? A única coisa caprichada com relação ao Monk aqui no Brasil é, por incrível que pareça, a dublagem.

É uma pena, que em uma época em que as grandes empresas querem combater a pirataria, ainda sejam lançados DVDs assim. Os rmvbs de Lost e Prison Break que eu baixo aqui são muito mais caprichados que esse DVD do Monk, e são de graça. Por isso é que todos deveriam aprender com o Seinfeld a lançar seus seriados. Aquilo sim é uma coisa bonita de ver. Caixas caprichadas, um monte de extras, menus interativos e até easter eggs.

Mas mesmo assim, vou continuar assistindo a primeira temporada, até os discos quebrarem. E continuar criticando.

– Assista o Monk todas as sextas, depois do CSI, na Record;
– Leia o que o Cris Dias escreveu sobre as legendas do House.

Anúncios

5 comentários sobre “Ninguém gosta do Monk

  1. o lance é nós fazermos um dvd do monk e deixar na porta da distribuidora com um bilhete: “É ASSIM QUE SE FAZ PORRA.”

  2. Concordo com tudo sobre Monk!O site da Rede Record é um absurdo,não acreditei no que vi,desrespeito total.

  3. ESSES SEM GRAÇAS SAO UNS OTARIOS ASSISTO MONK TODO DIA EM DVD E NAO MIN KANSO!!!!”ACONTECEU O SEGUINTE”MONK E O MELHOR”””””””””

  4. Realmente Monk é um seriado de verdade, Lost é lixo subcultural.

    O elenco é excelente, atuações primorosas e roteiros bem escritos, sem firulas e complicações desnecessárias. Com certeza um clássico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s