Não tenha medo do Firefox

Esse post é dedicado especialmente pra minha mãe, pro meu pai, pra você, pra Sasha e pras pessoas que ainda usam Internet Explorer.

Calma, mesmo sabendo algumas coisas técnicas que provam que o navegador da Mozilla é melhor que o da Microsoft, vou tentar não ficar cagando isso pra você, que ainda tem medo de trocar de navegador. Acho que é exatamente por isso que ainda tem tanta gente que usa o Internet Explorer. Por isso, aí vão algumas razões (não-técnicas) puramente pessoais (nada muito técnico) pra você mudar de navegador de uma vez por todas. E lembrando mais uma vez, nada de muito técnico.

1. Você pode.
Sabe porque você usa o Internet Explorer? Porque ele já estava aí. Desde que você comprou seu computador, ele estava aí. Tem gente que nem sabe que existem outros navegadores. Tem gente que acha que o Internet Explorer é a própria internet (a palavra “internet” realmente confunde às vezes e está ali justamente por isso. O Internet Explorer é um programa normal, como qualquer outro. Isso é “culpa” da Microsoft, que embutiu o IE no Windows, e embutiu o Windows em praticamente todos os computadores pessoais do mundo. Tem gente que nem sabe que existem outros sistemas operacionais. Tem gente acha que o Windows é o próprio computador. É claro, ele é bizonhamente fácil de usar. Mas, amiguinhos, atenção: o Firefox não está pro Internet Explorer como o Linux está pro Windows. O Firefox é mais fácil de mexer. O Firefox não é uma coisa de programadores-geeks-jogadores de RPG. E ele é leve, são menos de 6mb.

2. Sem perceber, você ajuda seus amigos webdesigners.
Ao contrário do que muita gente pensa, os sites não ficam “errados” ou “tortos” no Firefox. Quer dizer, alguns até ficam, mas o motivo é o seguinte: eu, que faço uns sites de vez em quando, tento fazer tudo direitinho. Pesquiso, estudo, leio muitas coisas. E faço todos os códigos à mão (sim, muita gente normal faz isso). Aí, vou ver o site no navegador (no caso Firefox) ele está certo, do jeito que eu digitei. Mas eu vou ver ele no Internet Explorer (o navegador popular), misteriosamente caixas estão desalinhadas e legendas estão distantes de imagens (pra citar apenas dois problemas comuns). Isso são os bugs, alguns deles estão listados nesse site, caso você queira conferir, e acontecem porque o Internet Explorer (pelo menos até a versão 7) não segue os padrões da W3C (tipo a ABNT da web). Então, sempre que a gente faz um site do jeito certo que aprendeu, tem que fazer algumas gambiarras pra ele funcionar no Internet Explorer (ou seja, em alguns casos, a grande maioria dos visitantes do site).

3. As extensões.
Isso é o que diferencia o Firefox dos outros navegadores alternativos (sim, existem ainda outros). Ele tem milhares de extensões, que são plugins que você instala e te facilitam muito a vida. E esses plugins não são “alternativos” como plugins pra outros programas. Não. Eles estão todos listados em uma área no site oficial. Eles não vão ficar te instalando spywares nem nada. O meu por exemplo, tem umas 10 extensões (cuidado, tantas assim podem começar a deixar ele mais lento, você não precisa de tantas). As que eu mais gosto são: a Screen grab!, que possibilita você dar um printscreen do site que você está navegando, inclusiva a área escondida pela rolagem, e ele já salva a imagem direto, sem precisar abrir programa nenhum; a FlashGot, que te deixa baixar vários arquivos de uma vez. Muito útil pra quem costuma baixar músicas de sites como o rbally, por exemplo; e recentemente descobri a Megaupload SX, provavelmente o jeito mais fácil de burlar o Megaupload, e que funciona. Sei que tem uma pra salvar vídeos do YouTube também, mas eu não usei ainda. Certamente vai ter uma extensão útil pra você.

4. Os pequenos detalhes.
Tem umas coisinhas no Firefox que são apenas um pouco diferente do Internet Explorer. Na verdade, os dois são muito parecidos. Com exceção de alguns pequenos detalhes, que pareciam não fazer falta, até você se acostumar com eles: a navegação em abas: pode parecer meio idiota e inútil, nas primeiras vezes, pra que deixar as páginas minimizadas ali encima, se elas estão bem ali embaixo. Mas apenas use algumas vezes, e você vai notar a diferença; os downloads: no Firefox tem uma caixinha mostrando um histórico dos downloads, e sempre que você baixa alguma coisa, ela fica nessa caixinha (esse histórico pode ser limpo com um clique). Outra coisa que depois que você se acostuma não consegue deixar; a caixa de pesquisa: do lado da barra de endereços tem uma caixinha de busca do google. Mas se você clicar na logo do google ali, vai abrir um submenu com vários sites pra você buscar. Tem wikipedia, buscapé, amazon. E você ainda pode adicionar os mecanismos que quiser; a barra de endereços inteligente: experimente digitar apenas “urban dictionary” ou “revolucao etc” na barra de endereços do Firefox. Assim mesmo, com espaços e tudo, sem www nem nada. Faça testes aí. Tudo isso graças ao google; o “ctrl+f” pra localizar na página, é muito mais prático no Firefox.

E foras as razões técnicas de segurança, e velocidade, e outras coisas que não importam. Por isso, faça-me o favor, e clique aí nesse botão do lado (embaixo dos links, cara) e baixa logo o Firefox.

E os usuários fãs de Firefox, comentem com razões pros usuários de IE mudarem logo.

Anúncios

4 comentários sobre “Não tenha medo do Firefox

  1. o.Oeu postei exatamente isso ontem, quer dizer… sem toda essa qualidade. =~~mas você disse exatamente o que queria dizer.se eu poder, dou uma updeiteada no post, linkando pra cá.=*

  2. Pois é Lipe! Este é o primeiro artigo que vejo, que fala de forma clara, prática e acessível sobre o Firefox. Normalmente o pessoal escreve artigos que a pessoa tem que ser praticamente um Ph.D e ciências da computação para poder entender.Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s