O mistério dos títulos em português

Antigamente, o pessoal gostava de colocar, sem critério nenhum, coisas malucas nos títulos em português. Era “muito louco” pra cá, “confusões” pra lá. O pessoal antigamente gostava de confusões e de coisas muito loucas, era a década de 80 afinal.

Mas agora isso mudou.

Ninguém mais quer confusão com ninguém. O grande público cansou das coisas muito loucas. O que a galera gosta mesmo, é de mistério, de traições, dessas coisas mais sérias.

A falta de critério continua. Os nomes dos filmes provavelmente são dados por estagiários de engenharia civil, que só gostam de filmes de luta, carros e peitos. Eles sequer vêem os filmes antes de traduzir. Era assim antigamente, continua sendo assim. Imagino um diálogo entre dois caras assim:

‘Cara, veio esse filme aqui, cara. Brokeback mountain.’
‘Cara, que merda é essa?’
‘Ah, sobre dois caubóis viados que se encontram numa montanha, cara.’
‘Você viu um filme de viados, cara?’
‘Vi mais ou menos.’
‘Porra. Viado.’
‘Deixa eu ver… não dá pra ser só A montanha Brokeback, isso não diz nada sobre o filme, ninguém vai querer ver…’
‘Que tal A montanha das loucas?’
‘Nah.’
Uma montanha colorida?’
‘Nah. O pessoal não gosta dessas coisas coisas.’
‘Que tal O segredo de Brokeback mountain?’
‘Hmmm… eles têm um segredo, e vão na montanha. Perfeito!’

Isso vende hoje em dia. O pessoal quer saber qual é o segredo. Não pode ser só Os onze do Danny, tem que ser Onze homens e um segredo. Agora que vai sair o terceiro filme, eles vão se fuder.

Outra palavra que dá bastante lucro é “premonição”. As pessoas querem saber qual é a “premonição”. Aí, todo filme que tem uma mera menção a uma premonição, vira premonição. Ou “alguma coisa premonição”. Agora que vai sair um filme chamado Premonition, eles vão se fuder também, porque em português “premonição” simplesmente já é o nome de outro filme, que no original se chama Final destination.

E é por isso que o atraso das coisas chegarem no Brasil tem um ponto positivo. Kill Bill, por exemplo. Nós brasileiros só fomos ve-lo (oficialmente) depois que o Tarantino já estava falando em uma terceira parte. O filme já tinha muita fama, todo mundo queria ver. E ele veio com o nome original. Se tivesse estreado primeiro aqui, certamente teria se chamado Quem vai matar o Bill?

Anúncios

2 comentários sobre “O mistério dos títulos em português

  1. Eu tinha essa dúvida, de quem dá os títulos em português dos filmes. Tudo fez sentido quando descobri que a culpa era das distribuidoras. São elas as responsáveis pelas traduções abomináveis das sinopses de DVD.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s