continuação daquela dos maluco

então. a moça disse que eu devia rezar, pois então passaria invisível por aqueles caras (e outros eventuais).

veja bem. não odeio crentes. não estou em comunidades do orkut que odeiam crentes. eu acho bom acreditar em alguma coisa, ter algo ou alguém em quem confiar nas horas difíceis. mas meu problema com os crentes, é que eu acho que eles confiam na coisa (ou pessoa, ou seja lá o que for) errada.

quer dizer. por que aquela mulher acha que se eu rezasse (ou pedisse a deus) pra que os malucos se afastassem, eles iam se afastar? eu sinceramente não acho que isso fosse acontecer. se aquela situação fosse analisada por um juiz (no caso da moça, deus), eu perderia. porque eu tinha dinheiro. eu tinha pouco dinheiro, ia precisar dele, mas eu tinha. aquele cara não tinha. ele queria minha blusa. ele era um necessitado. estava roubando? sim. mas isso é errado? é? naquele caso? o cara se despediu de mim. acho que aquilo não qualifica roubo. qualifica emprego. aquele é o emprego do cara. ele tá fazendo o que pode. não quero entrar em questões de desigualdade social, política, essas paradas. apenas acho que se deus fosse interferir num caso tão pequeno daqueles, ele deveria fazer eu dar a grana pro cara. por isso que eu acho que ele não interfere em coisas pequenas assim. ele deixa que a gente se vire.

por isso, ao invés de ficar pedindo tudo pra deus, ficar incomodando ele com essas coisas pequenas, eu prefiro confiar em mim. prefiro acreditar que aquele cara não me furou aquele dia, porque eu olhei no olho dele e falei com convicção e segurança que eu não tinha, cara.

Anúncios

Um comentário sobre “continuação daquela dos maluco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s